Ir para conteúdo
Qualificação Zona_Industrial de Castelo de Vide

Designação do projeto:
Qualificação da Zona Industrial de Castelo de Vide

 

Código da operação:
ALT-20-01-0853-FEDER-0000082

 

Objetivo principal:
Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas ;

Suprimir uma necessidade existente no território que induz constrangimentos ao desenvolvimento do tecido económico local e que dificulta a captação de investimento;

Contribuir para o fomento de iniciativas empresariais, proporcionando às empresas instaladas um conjunto de condições que contribuam para o êxito das iniciativas;

Atrair novos investidores, contribuindo assim para a criação de emprego e  para a criação de riqueza;

 

Região de intervenção:
ALENTEJO

 

Entidade beneficiária:
Município de Castelo de Vide

 

Data da aprovação:
20-12-2018

 

Data de início:
11-05-2020

 

Data de conclusão:
31-12-2021

 

Custo total elegível:
1 113 227,90€

 

Apoio financeiro da União Europeia:
FEDER – 946 243,72€

 

Apoio financeiro público nacional:
166 984,18€

 

Objetivos da Operação


Contribuir para a existência de um ecossistema favorável ao desenvolvimento da atividade empresarial, através da criação da infraestrutura de acolhimento empresarial objeto de candidatura;

Suprimir uma necessidade existente no território que induz constrangimentos ao desenvolvimento do tecido económico local e que dificulta a captação de investimento;

Estabelecer coerência, equidade, complementaridades e sinergias na rede de Áreas de Acolhimento Empresarial de âmbito local, sub-regional e regional;

Contribuir para o fomento de iniciativas empresariais, proporcionando às empresas instaladas um conjunto de condições que contribuam para o êxito das iniciativas;

Atrair novos investidores, contribuindo assim para a criação de emprego e para a criação de riqueza;

Contribuir para a estratégia municipal de valorizarão do potencial do território, como forma de dinamizar a economia local e, consequentemente,

gerar sinergias indutoras de criação de emprego;

Proporcionar às empresas instaladas ou que se venham a instalar condições diferenciadoras indutoras de competitividade;

Gerar efeitos de arrastamento que induzam dinâmicas de utilização dos espaços da Zona Industrial de Castelo de Vide não utilizados;

Promover a deslocalização de atividades económicas dispersas pelo espaço urbano e peri-urbano para esta nova infraestrutura, possibilitando um melhor ordenamento espacial, funcional e paisagístico do território.