Ir para conteúdo
Notícias
Notícias
INDICADORES DAS TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS NO CONCELHO DE CASTELO DE VIDE

INDICADORES DAS TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS NO CONCELHO DE CASTELO DE VIDE

O Gabinete de Crise da Câmara Municipal informa que realizou um estudo indicador das Transações Imobiliárias no Concelho de Castelo de Vide entre 2004 e 2018. Com o objetivo de analisar a dinâmica do mercado imobiliário, foram utilizados como indicadores as transações e volume de vendas de imóveis no período em análise.
 
Dos catorze anos analisados, foi em 2010 que se atingiu o valor recorde com um montante de 10 631 000€ num total de 55 imóveis vendidos, no entanto foi em 2018 que se registaram mais vendas, 98 no total, mas os valores foram desta feita menores com uma receita de 4 569 000€.
 
Com a entrada da Troika em Portugal em 2011 devido à crise financeira, a economia ressentiu-se desde logo, tendo provocado uma enorme quebra de vendas no Concelho de Castelo de Vide, nesse anos foram apenas vendidos 21 imóveis e foi no ano seguinte, em 2012 que o valor de vendas foi o mais baixo de sempre de 1 247 000€.
 
O concelho acompanhou a tendência nacional relativamente às oscilações causadas pelas crises financeiras, depois dos picos de vendas em 2005 e 2010, só a partir de 2015 é que o mercado voltou a crescer.
Deste estudo destacam-se ainda as tipologias dos imóveis vendidos. Apesar dos prédios urbanos terem sido sempre aqueles com mais procura, a partir de 2014 é notório o aumento deste tipo de edifícios em detrimento dos prédios rústicos e mistos, tendo em 2018 sido transacionados o maior número, ou seja 67.
 
Pode consultar este e outros estudos em:
 
https://www.cm-castelo-vide.pt/menu/453/estudos
Publicado em 23-10-2020 |COVID-19
Eventos
Eventos
Avisos à população
Avisos à população